Minha Caminhada

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Somos muito mais que um número na balança!


Olá pessoas finas e elegantes do Mundo da Vivis, tudo bom?


Estou numa correria dos infernos, não consigo vir aqui para escrever e tenho tantos assuntos pra falar com vocês que meu Deus...


O assunto que escolhi foi: somos muito mais que um número na Balança, inspirado em um vídeo que assisti da Mariana Xavier do Mundo Gordelicia e algumas reflexões.

Estou aqui com uma foto atualizada do eu peso atua, que esta em 101 kg olha eu aqui na casa dos três digitos novamente. (que bosta!) 

Claro que isso não me deixa nem um pouco feliz,  mas somente de algumas semanas pra cá e depois de multilar o meu corpo passando por uma cirugia bariatríca, consegui entender que gordura não é doença e magreza não é sinal de saúde, nunca foi e nunca será.

Na época em que estava com 85kg o peso que desejo alcançar novamente dentro desses 10 meses, é um peso que me sentia confortável, onde sei que minha coluna não vai doer,  e tenho mais de conforto, em todos os aspectos, como respirar melhor, dormir, andar, fazer meus afazeres do dia a dia.  Foi o meu peso de equilibrio, (mesmo tendo realizado a cirurgia bariátrica onde os números teimam em dizer que tenho QUE ter 69 Kg, não é bem assim que funciona a prática).

Nesses últimos 4 anos,  minha vida mudou muito, tive depressão, entrei na faculdade, tentei suícidio, término de relacionamento, perda de emprego, mudança na rotina de alimentação, virei componente de escola de samba etc, etc. Tenho a consciências que meu corpo ter retroagido 15 quilos não foi da noite para o dia e muito menos porque eu quis, cada corpo dentro de sua composição trás uma história.

E o meu não é diferente!!! Com uma série de maus tratos feitos por mim, com uma mente doente onde fui levada e pela pressão estética onde pregam que Mulher deve se linda e magra e tudo que seja fora desse contexto é feio, bizzaro é doença, é relaxo, falta de vergonha na cara etc.

O meu corpo reclamou e esta me castigando com isso!  Não adianta querer ter um corpo esquelético pesar 69Kg porque o IMC diz que para a minha altura esse é peso, se a minha estrutura corporal é para 75kg que é um peso que me sinto bem e confortável.

Não adianta querer usar um manequim 38 se meu tipo fisico é para 44.  E sabe o que isso vai dar? MERDA É CLARO! Com isso passamos a desenvolver vários tipos de doenças acessórias como:

  • Depressão.
  • Angustias de todas as modalidades
  • Sentimento de impotência, desvalor.
  • Ansiedade.
  • Disturbios alimentares.
  • Manias e neurose (com uso de laxante, diuréticos, remédinhos para emagrecer, chás horrorosos que prometem milagres).
 A troco de quê? 3 quilos a menos, viver sem felicidade, escrava da ditaduta da magreza. 


Tudo que falo aqui foi, e é dentro da minha experiência de emagrecimento, reganho de peso e pós cirurgia.

Eu fiquei depressiva, doente, porem estava ótima aos olhos dos outros, estava magra! 75Kg usando manequim 42 (algo que não sabia desde que estava no segundo colegial isso em 2000) nossa era lindo!!! Todo mundo te elogia dizendo "nossa você está otima!"  "parabéns, linda!"  ok! esses elogios deixam a gente com um ego até que legal, bacana! As pessoas que somente me infernizavam a vida, porque eu era gorda estão me deixando em paz!!!! como se ser gorda fosse crime!

Mas e a Vivis, como estava de verdade em seu interior?  Resposta:  Um lixo! Doente, cansada, anêmica, não se reconhecendo em um corpo esquelético cheio de excesso de pele, vivia passando mal, sem vontade de ver pessoas, me tornei avessa a todo e qualquer tipo de socialização, perdi a vontade de sair pois tudo em vida social inclui comer, beber e mais nada.

E quem é feliz saindo e não poder comer uma azeitona pois sempre tem um fiscal de olho em que você come? Quem é feliz sem poder fazer uma refeição normal, sem alguém perguntar "você pode comer isso?"  ou " e o peso como está?"

Ou seja a minha ficha caiu e que mesmo com o manequim perseguido por ANOS eu estava infeliz, triste, continuava sendo perseguida. 

De que adiantava entrar em qualquer loja achar roupas, se não ver graça em nada?

A FELICIDADE NÃO ESTA NO SEU PESO, E SIM NA SUA MENTE.

Não adinata ter um corpo esbelto se você está infeliz e/ou com a mente doente!

O que quero dizer com isso? que somos muito mais um ou dois digitos na balança,  que devemos sim ter uma alimentação saudável, devemos sim fazer exercícios, mas não para ser escravos e sim para termos um conforto e bem estar.

Ninguém é feliz sendo oprimido, perseguido, nossos corpos não são praça pública!

Então minhas flores, somos mais que o nosso peso, temos o nosso valor, somos humanos e  vivemos em uma sociedade gordofóbica e eu já fui gordofóbica sim! (isso é horrível sou fruto de uma sociedade hipocrita!)

Por mais que não tenhamos o corpo daquela modelo, temos um corpo! E um corpo é só um corpo! (meio Clichê) se passarmos a olha-lo com carinho, fica muito mais fácil e passamos a enxergar que a vida é muito mais que a circunferência da nossa cintura.

Ame-se, tome aquele banho gostoso, passe aquele hidratante maravilhoso, vista aquela sua roupa confortável e seja feliz. Não espere o dia do seu emagrecimento para ser feliz.

Seja feliz mesmo estando acima do peso! Seja feliz apesar de estar não muito feliz com o seu corpo!

Cuide da sua mente, pois o resto vem como consequência.

O seu peso é somente o seu peso, seu peso não mede o seu valor, você é muito mais que isso!

Não prejudique o seu corpo na tentativa de satisfazer a vontade dos outros.

Você tem o o direito de ser da forma que quiser: gorda, magra.

E quem te mede pelo seu peso... essas pessoas são mediocres demais para se perder tempo.


Beijos de Luz!


sábado, 17 de fevereiro de 2018

Depois de um tempo voltei....

Olá pessoa finas e elegantes do Mundo da Vivis como está essa força?

Poxa depois de dois anos pouco volto aqui para desabafar e dismistificar algumas fantasias sobre a Cirurgia Bariatrica, pois nesse ano completo 5 anos e adivinhem continuo gorda! Ou seja a cirurgia não faz milagres se você não estiver 100% conectada com o seu corpo e mente. Claro que sempre vão existir os fiscais da bariatrica pra dizer "você não fez direito, porque EU CONHEÇO uma pessoa que fez e esta magra ainda"  olha meus mais sinceros FODA-SE  você e seu conhecido ou a puta que pariu que for seu, não estou interessada em opiniões ou experiencias dos outros, até porque eu sou única e o que me importa aqui é a minha vivencia e experiencia.

Claro que durante os dois primeiros anos emagreci 35 kilos e mantive por um bom tempo, mas a minha vida não é mar de rosas, perdi emprego, fiquei sem convênio, convivi com a depressão que me assombra ainda, tentei me matar umas 3 vezes (sim SUICIDIO), no SUS me passaram fluoxetina pra depressão e essa desgraça de medicamento começou a me engordar a principio engordei 5 kilos, mas até a minha ignorancia era normal um reganho de peso, ok! continuei a tomar e nada melhorava, mudaram para a sertralina (essa foi a pior, engordei 10kg em apenas 8 meses).

Logo vi o meu peso bater na casa dos 90/95 e até que voltei aos 100kg (pânico para quem chegou a 79kg)  com a Graça de Deus agora na empresa que trabalho tem convênio médico e pude retomar todos os tratamento com médicos decentes e não com os animais do SUS que nem olham na sua cara  e ainda te julgam,  se quer procuram saber da sua história ou pensam nos prós e contra de receitar um determinado remédio.

Soube apenas que a Sertralina engordava em uma consulta com a psiquiatra que tentou me receitar um outro remédio que com certeza ia me dopar e não resolver a angustia que sinto, então antes de pensar em tirar a minha vida novamente é preciso fazer algo. (não estou tomando o remédio que a Psiquiatra me passou e joguei todas as cartelas de sertralina que tinha em casa e comecei a resolver a situação fazendo uma nova estratégia.). 

Terei muito o que escrever por aqui, mas esse é apenas um dos assuntos.
Minha nova meta será de 20kg até a minha formatura que será em Maio de 2019, tenho vários desafios pra superar, esse ano tenho prova da OAB, TCC e anda lidar com todo esse excesso de peso.

Um grande beijo de Luz a todas. 

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Carnaval é amanhã.. 25 dias

Olá pessoas finas e elegante do mundo da Vivis, tudo certinho?
Eu estou em ritmo de carnaval, e pra quem não sabe sou componente da escola de samba Vai Vai minha querida escola do coração.

Nesse fim de semana foi bem puxado teve ensaio técnico  no anhembi e mais uma vez a minha resistência foi posta em xeque, mas depois de emagrecer quase 2 quilos até que não me cansei muito
mas bora lá FOCO no carnaval.
Meu peso para a primeira semana é esse 85,600 kg

Aproveitei a para re-estabelecer a minha vaidade de fiz as unhas esmaltei de Dara da Risqué, é um esmalte bem marrom escuro que quando passa duas mãos fica quase preto. como na foto abaixo.
 


Aqui em São Paulo sábado estava uma chuva danada mas mesmo em baixo de chuva não perdemos a animação, olha ai a galera esperando o ensaio técnico.


Essa foto abaixo foi uns dez minutos antes de começar a chuva, entramos com mais de 2 horas de atraso, ou seja as 2:00 da manhã, essa é a energia do carnaval, nossa Ala Confraria da Luz - com a fantasia Perfume Frances, e vamos lá rumo a 16ª estrela. 


 Um beijo no coração de todas até breve.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Feliz 2016 eu voltei agora pra ficar...

Olá pessoas finas e elegantes do mundo da Vivis, como vocês estão? Espero que estejam ótimos.
Eu sobrevivi ao meu terror que são as festas de fim de ano que digamos de passagem eu DETESTO TODAS, natal, ano novo, confraternização, amigo secreto, afff cortem meus pulsos.

Primeiramente FELIZ ANO NOVO A TODOS muitos caminhos abertos!!!!

Esse ano completo 3 anos de cirurgia bariátrica, e resolvi dar o ultimo passo as cirurgias reparadoras, e olha em pele pra caceta no meu abdome e isso esta me incomodando muito, mas a minha falta de tempo e indisposição de fazer a cirurgia não me permitiu ir atrás. Claro que agora será uma nova fase de corre corre, mas estou pronta e quero fazer isso.

Há tempos que não apareço por aqui então muitas nem sabem como estou hehe. Hoje sou uma estudante do curso de direito esse ano inicio o 3ª ano ou seja o 5ª semestre. Quem me acompanha desde quando abri o blog lá em 2011 sabe que meu desejo era sair em uma escola de samba e adivinha o que vou fazer esse ano de 2016? exatamente sair na minha escola querida Vai Vai e acreditem falta apenas 30 dias para o carnaval.


Meu ano começou com o peso em 87,500 Kg, nessas festas de fim de ano o meu ganho de peso foi de 900 gramas. Apesar que depois da cirurgia eu não consigo comer mais nada de comida natalinas, pois me faz muito mal, é DUMPING atrás de DUMPING.

Nesses quase três anos de cirurgia esse foi o meu terceiro fim de ano pós bariátrica e gente acreditem, AS PESSOAS NÃO TE DEIXAM EM PAZ JAMAIS,  se você esta gordo, obeso, é porque esta gordo e obeso, então você opera emagrece e as pessoas te infernizam pois você não come e precisa comer se não vai ficar doente; Você come e esta bem, e vem alguém e pergunta quando você vai tirar as peles? (quem me conhece sabe que não tenho tolerância com gente inconveniente e já dou uma resposta das mais mau educada possível que a pessoa cala a boca.

Uma outra coisa que digo pra quem vai fazer cirurgia, ou quem vive em constante dieta, VOCÊ JÁ É LINDA DA FORMA QUE É, EMAGREÇA APENAS PARA SE SENTIR BEM E NUNCA PRA AGRADAR OS OUTROS.

Estou um pouco acelerada pois estou em ritmo de carnaval faltam apenas 30 dias e é ensaio atrás de ensaio

Vem carnaval, vem que estou pronta!!!!
Até a próxima pessoas bonitas!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

E a luta continua

Olá pessoas lindas do meu mundo, há quanto tempo não venho dar o ar da graça por aqui.
Mas volto com a novidade, voltei para escrever.

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Passando pra dar o ar da graça

Olá mundo da Vivis, como estamos? Estou bem em semana de provas ficando louca já, procurando ao máximo controlar a alimentação, pois estou na fase em que, com quase dois anos de cirurgia e não queimo mais calorias como antes, que bastava eu respirar que emagrecia.

O meu organismo mudou, tudo mudou, minhas vitaminas estabtlizaram, mas o ferro continua baixo.

As minhas provas já começaram, e estou em uma ansiedade muito grande. Tive uma crise de stress onde chorei descontroladamente depois de uma prova que me tirou do prumo.
Não esta e não é fácil estudar, trabalhar e cuidar da alimentação. Em breve irei também começar atividade física, meu corpo precisa de energia para conseguir aguentar tudo isso.

Uma coisa que fiz foi adotar outro método anticoncepcional que foi o DIU, gente como doí colocar aquilo!!! mas estou sobrevivendo ao uso dele, terei 3 meses para saber como meu corpo reage, e daqui um mês volto pra fazer a revisão e saber se ele ficou no lugar.

Passei rapidinho pois ainda tenho que estudar mais um pouco para as próximas provas, então um abraço da nega.

quarta-feira, 18 de março de 2015

1 Ano e 11 meses....

Olá mundo da Vivis...
Então hoje completo 1 ano e 11 meses. Ohhh grande coisa!
Foram muitas mudanças mas nenhuma da forma que eu pensei, de quando estava nos primeiros meses de cirurgia.
Na minha cabeça eu pensava que emagrecendo tudo na minha vida estaria resolvido e não foi bem assim. Enquanto não estiver tudo em ordem com a nossa cabeça e com a nossa auto estima, olha não vai adiantar de nada.
Ao contrário de que perguntam, não estou com nenhum distúrbio hormonal, acontece que depois de um tempo você passa a lidar com o seu corpo e sabe exatamente como comer.
Eu fui nas ideias de algumas pessoas de comer barrinha de cereal, e todas aquelas porcariadas integral que falam que é bom pra saúde (que eu por sinal ODEIO). Ok! A idiota aqui foi nas ideias e começou a comer barrinha de cereal e com isso engordei 2 kilos em 1 semana. Pensei porra o que esta acontecendo? estou comendo essas coisas sem graça e engordando?? desisti, e voltei para a minha dieta antiga e emagreci 1,100Kg.
O meu problema é comida e sempre foi comida e sempre sera a comida.
Dentro de duas semanas começará as minhas provas e aí o bicho vai pegar a ansiedade vai a mil.
Por enquanto procuro ficar em paz.

Um grande beijo da Nega.




quarta-feira, 11 de março de 2015

Eu voltei..... depois de 6 meses! Agora pra causar!

Eu voltei agora pra causar...
Olá pessoas finas e elegantes do mundo da Vivis, sentiram saudades dessa gordinha super abusada??
Pois é, estou colocando a vida em ordem e não esta fácil, mas como eu gosto de causar voltei aqui para esse meu mundo somente meu.

Pra quem já foi obesa pesando 120Kg estar com 88,200 Kg é um luxo, só que não é bem assim.

Cheguei a pesar 79Kg e engordei 9,200Kg (e a Vivis pira, pira e some na mesa!),
Gente a cirurgia não faz milagre tá?? Eu engordei sim por diversos motivos e um deles foi comer na faculdade! Lógico não tem nada que presta lá, é pizza, coxinha, esfirra, pão de queijo e o diabo a quatro, e eu não quero voltar a pesar 120kg JAMAIS.

A Faculdade esta arrancando o meu couro, daqui a 3 semanas começam as provas!!! Ansiedade a mil! e que venha o chocolate.

Atividade física esta sendo lenda na minha vida, mas isso vai mudar!!! Vou chegar aos 75kg que é a minha meta pessoal.

Novidades tenho várias. Mas isso é assunto pra outro post.

Um beijo da Nega!

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

1 ano e 5 meses....

Um ano e cinco meses... nossa 17 meses se passou desde o dia em que entrei no Hospital Santa Rita as 11:30 com um misto de ansiedade com expectativas e a certeza de uma mudança radical em minha vida.

As 16:00 falecia a Viviane Lucia de 114,200Kg e nascia um outra Viviane Lucia, muito mais forte que aquela que estava ali horas antes.

Não sabia o que me esperaria depois.... Medo da morte? Não, pois sei que cada um tem a sua missão/destino e aquele momento não era a minha hora de partir e sim  a minha chance de renascer.
  
Há os que não acreditam, porem somente quem passa sabe como que é. 

Somente quem esteve acima dos 100 kg sabe o quão é difícil achar uma roupa, manter a auto estima e se aceitar, e viver sem ser agredido por julgamentos, invadido por comentários e ter o seu corpo como uma praça publica vivendo na prostituição de comentários inoportunos e ainda fingir que não liga ou que é feliz, ninguém é feliz em um corpo doente. Obesidade é doença!! E uma doença que mata progressivamente.

Dou graças a Deus por ter acordado e conseguido fazer a cirurgia, sem ela talvez hoje nem estaria aqui.

Claro que tenho os meus dias difíceis de não conseguir comer, de passar mal, desmaiar, me sentir fraca, dumping, entalos, diarreia, mas faria tudo novamente pois essa foi uma escolha minha e assim que resolvi viver.

Existe sim muito PRÉ- conceito. Gente sem informação que julga sem ao menos conhecer. 
Não é coisa de gente preguiçosa e também não e fácil como dizem, é pra quem tem coragem, força e acredita, pois não é qualquer um que aceita ter o seu aparelho gastrointestinal cortado, grampeado e costurado, ficar 21 dias em dieta liquida, ficar intolerante a vários alimentos, e eu sou uma das pessoas fortes e privilegiadas que suporta dia a dia todas as dificuldades e todos os benefícios de ser uma gastroplatizada.

Parabéns pra mim!

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Como realmente é... 1 ano e quatro meses.

Olá pessoas finas e elegantes, tudo em paz?

Faz tempo que não passo por aqui, mas quando não tenho o que escrever nem dou as caras.

Iniciei os estudos novamente, voltei para faculdade e agora irei fazer o curso que tanto sonhei DIREITO.

As aulas já se iniciaram e estou gostando bastante, ainda estou procurando emprego mas a luta não para é continuar correndo atrás e não desistir.

Hoje eu completo 1 ano e 4 meses de cirurgia e há tempos venho amadurecendo a ideia de escrever um post que diz realmente como é a vida de um operado após a cirurgia bariátrica. E chegou o momento.

Tenho inúmeras questões para abordar e me desculpem se ficar muito extenso esse texto, mas será baseado na minha experiência.

Quem passa maior parte da vida com a obesidade vai ter ideia de que estou falando.

O nosso corpo se torna publico ainda mais se você é mulher. Lembro de quando era mais nova lá com os meus 17 anos onde já era gordinha (tinha sobrepeso) já tinha  altura que tinha hoje e o peso ideal para a altura, mas sempre tive a minha auto estima muito baixa, onde qualquer pessoa era melhor que eu, sempre era comparada com outras meninas da minha idade que eram mais bonitas, mais isso e mais aquilo, não que eu não fosse uma menina bonita, mas não me enxergava assim.

Só recebia criticas, criticas e mais criticas, e o ponto que mais me machucavam era a minha aparência.
Alguns anos não era como hoje, em que a mulher negra podia ter seus tributos super valorizados como hoje, eu achava o meu cabelo horrível, armado, sem jeito, feio e sempre usei ele preso, fiz de tudo, escova progressiva, alisamentos etc etc.  Usar um batom vermelho JAMAIS achava a minha boca muito grande e já me criticavam pelo meu peso imagina, pretinha do cabelo duro e um bocão.

Com isso eu fazia de tudo para agradar, ser aceita de alguma forma,  eu era aquela que contava piadas, animava todas as festas, organizava tudo, me arrependo de muitas coisas pois passava por cima de mim pra agradar e não porque estava realmente com vontade,  realmente era eu sempre estava ali disponível pra todos, acabando por me abandonar. Ok!!

Mas agora sou uma mulher de trinta anos, e aquele sentimento que pensei que tinha superado daquela menina insegura cheia de criticas voltou com força total.

O que isso tem haver com o emagrecimento a cirurgia? Tudo! Poxa tantos anos se passou e eu não consegui superar a ideia de que sou uma mulher com diversas qualidades. Sempre achei que aquele sentimento era porque era OBESA, claro que a obesidade me roubou muitas coisas, entre ela a minha auto estima.

Hoje parei pra pensar e resolvi dar outra reviravolta da minha vida.

Tenho andado muito desanimada pois estou desempregada e não tem aparecido muitas oportunidades, com isso venho descontando as minhas angustias e frustrações na comida. (isso mesmo na comida!) mas muitos vão falar como isso Vivis? Simples, existe o efeito funil pra quem faz a cirurgia, ou seja, se tentar comer tudo de uma vez não cabe, mas se você fracionar vai lindo.

E com isso olha que mer.... o meu peso hoje esta em 83,400 kg.. e esta aumentando gradativamente, quando ele chegou a 85 kg eu falei OPA tem algo errado aqui vamos rever tudo.

É meio loucura e dá vontade de largar o freio, jogar tudo pra cima e falar:  " Dane-se cansei!"  porém ainda tenho um pouco de juízo e não é bem assim.

Depois de passar por tudo que passei jogar tudo pra cima??? NUNCA!

Observei a minha alimentação nas semanas que percebi que meu peso aumentou, e que derrota! Tenho vivido de biscoitos de água e sal, coberto com requeijão e café ou chá. Isso mesmo que você leu apenas biscoito de água e sal coberto com requeijão, e café!  Tenho tomado litros e mais litros de café onde fico super ansiosa e consumido pacotes e mais pacotes de biscoitos salgados com requeijão. Ou seja carboidrato e mais carboidrato. Isso sem falar nas noites de tédio  regados a muita pipoca, tem dias frios que fico na cama o dia todo sem ânimo.

Não estou me reconhecendo. Aliás alguém pode me dizer quem é essa Viviane? Pois eu não conheço.

Cadê a programação de 6 refeições por dia? Os exercícios? Poxa que zona é essa? O que está acontecendo? Aloww tema alguém aí dentro? Parece que não, pois esta tudo bagunçado, abandonado!

Onde esta o meu ânimo de ir até a feira comprar uma fruta, fazer uma verdura? Esse desânimo vai me levar aonde? Lugar algum, pelo contrário esta me fazendo tomar o caminho contrário ao que eu desejo.

Acho linda aquelas negras cheias de estilos com o seus cabelos super armados cacheados, bem maquiadas, super bem  vestidas, cheia de estilo, atitude, causando parada cardíaca nas inimigas e colocando os pretinhos do poder de quatro por onde elas passam. E quero ser uma igual.

Mas perái como posso ser assim se não tenho coragem e capacidade de tirar essa bunda da murcha da cama, e lutar pra ser A gostosona? O que estou pensando que vai aparecer uma fada madrinha e falar:
"olha tenho uma varinha de condão que vai te transformar em uma princesa"

ACORDA BICHA LESADA!! a vida não é conto de fadas não!

Sou capaz de muitas coisas porque atitude, talento pra isso eu tenho e muito! Quero ver quem aqui tem a coragem de falar metade do que eu falo nesse blog ou até mesmo na cara das pessoas!

Eu não vou mais ficar me empurrando pra dentro com medinho do que vão falar! Ah que se mordam de ódio pois estou aqui pra ser muito feliz.

Engordei 4.600 kg (puta merda) mas esse quadro vai mudar. Se eu ficar com cara de chuchu desidratado, resmungando, reclamando e deitada o dia todo como uma derrotada, aí sim estou na merda e fadada a ser uma fracassada e isso desculpa meu bem, não combina com a cor da minha pele marrom chocolate.

Agora com a faculdade estou com um ânimo um pouco maior, vejo pessoas novas interessantes, e estou aprendendo coisas que eu não fazia ideia que existisse.

Não esta fácil pra mim como também não esta fácil pra ninguém.  Mas ficar apenas reclamando sem nada a fazer também não dá.

Espero no próximo post voltar com noticias boas.

Um grande beijo da pretinha.





quarta-feira, 9 de julho de 2014

Estou de bode, depressiva e frustrada.

Olá pessoas finas e elegantes do Meu Mundinho, como vocês estão?

Por aqui esta tudo cinza e isso não tem nada haver com a goleada que o Brasil levou da Alemanha ontem, pois pra mim tanto faz a Copa do Mundo. Não estava nem um pouco animada.

Confesso que estou sem a minima vontade de escrever e olha que assunto não me falta.
Mas como preciso de alguma forma colocar tudo pra fora, vou dividir com vocês o que me aflige.

Estou com quase 1 ano e 3 meses de operada e emagreci 32,500Kg e de uns meses pra cá o meu peso estagnou, a balança se recusa a descer, pelo contrário ela esta fazendo o caminho inverso esta subindo, pois cheguei aos 78,800kg e voltei para os 81,700kg para o meu desespero.

Claro que quem operou,  um quilo a mais é um choque, e não estou administrando isso muito bem.
Tenho uma amiga que é operada há 6 anos e me falou que é normal depois de um ano a gente engordar até 5kg, pois já perdemos o medo de comer e também estamos mais habituados ao estômago novo, nosso corpo se acostumou com a quantidade de calorias e que depois vamos emagrecer novamente. Mas sabe quando o seu sabotador interno se recusa a aceitar e os pensamentos auto-destrutivos chegam pra te colocar pra baixo te deixando num verdadeiro bode? É assim que me sinto.

As mudanças que aconteceram em minha vida nos últimos meses tiveram grande influência, estou desempregada desde Abril,  fiquei bem doente com a saúde debilitada onde desmaiava com frequência, me sentia fraca, agora estou melhor, mas ainda o lance do desemprego está muito difícil pra mim. Vejo as contas chegar o dinheiro esta acabando e nada de emprego/entrevista, para aumentar o meu desespero não tive direito ao seguro desemprego, com isso a ansiedade me visita quase todos os dias.

Ser uma pessoa ansiosa com um estômago minusculo me reduz a uma pessoa sem vida e me leva a beira da loucura.

Eu ainda sou uma comedora compulsiva onde busco o controle das minhas emoções na comida, mas depois da cirurgia não é possível essa "compensação"  pois é comer um pouco além e passar muito mal,  tenho ficado muito depressiva, chorosa, apática, sem vontade de sair da cama pra nada.

Passo o dia de pijama, sem vontade de pentear os cabelos. E essa imagem refletida no espelho me deixa mais desanimada ainda., vira um ciclo vicioso.

Estou no 9ª dia do meu planejamento alimentar de fazer 6 refeições por dia e me exercitar 30 minutos diariamente, e esta um fiasco, mal tomo café da manhã e exercício? ahh piada! se fiz 3 dias desses 9 foi muito.

Estava e ainda estou no aguardo de uma resposta da entrevista em uma empresa que pra mim será muito bom, uma ansiedade louca que nem dormir estava conseguindo. E até agora nada!

Frustração total.... essa é a palavra que define o que sinto.

Que fase ruim que estou enfrentando, sei que tudo passa e que momentos ruins existe pra todos, mas estou perdendo as forças.

Espero arrancar forças não sei de onde pra virar a mesa e continuar, pois assim esta muito ruim e isso infelizmente reflete na minha saúde, peso e bem estar.

terça-feira, 1 de julho de 2014

Segundo semestre, já? Meu Deus!!! METAS

Olá pessoas finas e elegantes do mundo da Vivis, tudo na paz?

Resolvi dar as caras por aqui novamente e dar também uma nova carinha para o meu mundo.

Como havia dito, tomei vergonha nessa minha cara preta e montei um plano alimentar para emagrecer os 13kg monstrinhos que falta para eu chegar aos tão sonhado 69 kg e conquistar definitivamente um IMC de 25 sendo considerada uma pessoa de peso normal.

Mas antes de resolver me jogar nesse lance de emagrecer os 13 kg tive que fazer uma boa análise mental e colocar na minha balança interior tudo o que realmente quero, o que vale a pena e o que estou disposta a fazer. Pois de nada vai adiantar falar que vou comer 2 folhas de alface se não estiver disposta a isso.

Bom, comecei me pesando e estou com 81,200kg, esse será o meu peso inicial. Como desejo emagrecer pelo menos 3 kg nesse mês minha meta será peso final 78,200 kg.

Como vou fazer isso? Fazendo comendo de três em três horas fazendo 6 refeições diárias que será:

  • Café da Manhã;
  • Lanche da Manhã.
  • Almoço.
  • Lanche da tarde
  • Jantar.
  • Ceia.

E fazer 30 minutos de exercícios aeróbicos TODOS os dias, eu disse TODOS os dias, a começar por hoje. Que já fiz uma caminhada.

O meu plano alimentar já começou errado pois sai pra resolver os lances da faculdade (ah esqueci de contar voltarei a estudar agora no segundo semestre) só tomei café da manhã, não almocei, tomei um café da tarde meio torto pois me entupi de café com fatias de queijo mussarela. Hoje a minha alimentação esta um fiasco, mas nada que eu não possa ajeitar amanhã.

Amanhã tem feira aqui no bairro que moro então vou comprar algumas verduras e legumes, tenho que caprichar nas proteínas pois depois da cirurgia minha vida é proteína, proteína e proteína.

Outra coisa que tenho que me policiar é na quantidade de café que venho bebendo.
Eu relativamente quase não bebia café, agora estou bebendo mais de 8 xícaras por dia.

Pretendo e vou  regular o meu sono que esta um caos, completamente sem regras pra dormir e acordar uma verdadeira zona, e sem falar na qualidade do sono que esta péssima, acordo pior que se estivesse ficado acordada a noite toda.

Amanhã faço alguns exames de sangue pra ver em que pé anda a anemia ferropriva e irei marcar consulta com endocrinologista, penso seriamente em mudar e endócrino pois essa que estou passando pelo amor de Deus, eu falando que estava com o ferro baixo e ela falando que estava normal e quando chego no IG a nutricionista que me acompanha quase me mata pois o ferro estava perigosamente baixo para um pessoa que fez uma cirurgia.

Tentarei postar aqui os 15 primeiros dias dessa minha reeducação alimentar, não é uma promessa, mas farei o possível.

Um beijo da Nega e até breve.

domingo, 29 de junho de 2014

Olha quem resolveu aparecer!! EU

Olá pessoas finas e elegantes do mundo da Vivis! Como vocês estão?

Sei que andei sumida mas era pura preguiça e um pouco de falta de tempo.
Mas de tanto a Juliana do blog Juju bela me encher o saco estou aqui escrevendo! (risos).
Bom, esse post vai ficar gigante pois vou abordar muitos assuntos, entre eles será a hipertensão que resolveu dar as caras novamente.  :( .

Vou começar pelo meu peso que há mais de um mês não sai do lugar, cheguei a 78,800kg e voltei para 81,900 kg ( para o meu desespero!!) que foi o que acusou a minha pesagem de hoje 29/06/2014, estou completamente sem vergonha nessa minha cara preta.  Não tenho feito atividade física, alias eu não tenho vontade de fazer nada, estou com uma vida de dona de casa, limpar, cozinhar e comer.

Nessa última semana do mês de junho resolvi tomar uma atitude pois faltavam apenas 9 kg para eu chegar a minha meta de 69 kg. Fui na consulta de 1 ano de cirurgia e pelo que o médico avaliou emagrecer mais 5kg sera o suficiente pois se eu chegar aos 69 ficarei com cara de doente. Mas estava com 79,400kg.
Vou chegar aos 69 kg. Não vou dar uma de louca e fazer a dieta restritiva pois eu tenho senso que  tenho que me esforçar pra alcançar o meu objetivo.

Em falar em ficar doente estava com anemia ferropriva. Calma eu explico! anemia ferropriva é anemia por falta de ferro, as minhas reservas de ferro estão muito baixas estão em 6 então tenho que tomar ferro no soro (endovenosa) é horrível pois mesmo com a medicação lenta queima e meu braço sempre fica com hematomas. É a treva!!

Lembra que a hipertensão tinha sumido? Pois é a danada resolveu dar as caras e novamente estou usando medicação, pois a cara de pau da minha pressão arterial não fica menos que 14x10 raramente ela esta 12x8 agora com a medicação ela parece que esta controlada.
Antes o cardiologista dizia que era hipertensa pois era obesa e agora será por qual motivo? Pode ser estresse ele pediu para observar.

Terça feira já inicia o segundo semestre e com ele novas metas. É completamente vergonhoso pra mim que agora faltando tão pouco para chegar ao meu peso ideal tenha relaxado e engordado 2 kg em 1 mês.
Já tomei uma atitude agora nessa minha cara preta.

Meta para o mês de Julho - 78,900 kg

E no próximo semestre vou começar outra graduação como havia me programado no inicio do ano que no segundo semestre iniciaria. Já fiz a matricula e tudo.

E também como havia prometido lá vai uma fotinho atual.

O preço é alto, mas quem não arrisca não sai do lugar.
Só tem sucesso quem é ousado!
Um beijo da Nega...

sexta-feira, 18 de abril de 2014

1 ano de gastro e vida nova!

O dia  18/04 nunca mais sera o mesmo pra mim, hoje completo 1 ano de cirurgia.
Muitas coisas aconteceu, meu corpo mudou, minha forma de se alimentar mudou.

Hoje consigo enumerar várias coisas que não fazia enquanto estava obesa, como por exemplo:

  1. amarrar os cadarços.
  2. subir alguns lances de escada sem se sentir cansada.
  3. cruzar as pernas.
  4. uma toalha de tamanho normal se enrola em meu corpo.
  5. consigo achar roupas que me servem em lojas de departamento como Marisa, CeA, Renner.
  6. Não usam a minha gordura como ponto de referencia (a Vivi aquela gordinha!!)
  7. Não passo tão mau com calor. 
  8. Meus tornozelos não ficam inchados e doloridos a toa. 
  9. Consigo respirar, dormir melhor. 
  10. Não tenho mais medo de sentar naquelas malditas cadeiras de plástico e aquela porra desmontar comigo em cima.
  11. Não preciso mais tomar remédios para diabetes e hipertensão.


Não digo que são apenas flores pois não é! Passei e ainda passo por muita coisa que é preciso muito jogo de cintura pra conseguir suportar.
Passei por:

  1. Queda de cabelo (muito cabelo caindo ao ponto de fazer falhas)
  2. Tonturas, mau estar, sensação de desmaio ( e desmaiar)
  3. Cansaço, fadiga, cansaço inexplicável.
  4. Anemia, baixa de vitaminas.
  5. Dores musculares.
  6. Dificuldades em se alimentar (intolerância alimentar) 
  7. Dumping, entalos, vômitos. 


Essa minha fase de 1 ano, estou com deficiência de algumas vitaminas e com anemia também, isso sem falar nos mau estar que sinto, tonturas, enjoo, desmaios. Porem nada disso eu me arrependo. Tudo tem o seu preço e o preço para que eu tenha a minha saúde de volta é esse.

Muitos acham que passo mau dessa forma pois não estou comendo. Porem eu me alimento sim, mas cada organismo reage de uma determinada forma e o meu esta meio rebelde.

Minha evolução:

Data da Cirurgia 18/04/2013
Peso inicial:  114,200 kg
Excesso inicial:  44,480 kg
IMC inicial:  40,95

Data 18/04/2014
Peso atual: 79,100 kg
Excesso atual:  9,380 kg
IMC atual:  28,40

Excesso eliminado 35,100 kg
Atingimento de 78,69 %

Falta apenas 9,380 Kg para atingir o meu peso ideal. 

Não me sinto de nenhuma forma um fracasso por não ter atingido o meu peso ideal depois de um ano, considero 35 kg ótimo, pois não faço exercícios físicos, mas o fato de não usar mais calças tamanho 52 já é um grande alivio, conseguir usar salto, caminhar um pouco sem estar transpirando igual uma chaleira é maravilhoso.

Eu faria tudo novamente.

Parabéns pra mim!



segunda-feira, 14 de abril de 2014

Doença ou preconceito?

Olha eu aqui novamente...
Nossa nesse mês estou escrevendo muito. Tenho que voltar a gravar mas estou com uma grande preguiça.
Estava lá no face passeando e vi no grupo do instituto Garrido uma publicação que me chamou a atenção sobre a indignação das pessoas que estão sendo reprovadas em exames médicos por ser obesas, sendo impedidas de assumir seus cargos.

O tamanho da algazarra que o povo faz falando que é preconceito que é isso e que é aquilo é grande.

Gente vamos lá... obesidade o que é? Doença com o CID E66 se é doença a pessoa obesa ela é doente certo? se não fosse doença os médicos não ficariam tão preocupados em deixar a pessoa com o peso ideal.

O que a obesidade causa? diversos problemas, seja profissionais, emocionais e principalmente psicológicos.

Todo mundo fala que é preconceito até porque ninguém trata a obesidade como se deve ser que é como doença.

Tanto que quando se fala em redução de estomago já falam que é estético, nunca em prol da saúde.

Eu vou parar de responder ao tópico pois vou acabar ofendendo alguém que esta com gordofobia, onde a mente é tão focada no preconceito que esquece o que é a realidade.

O que me faz dar muitas risadas é que pra operar estar obeso é doença e pra passar no exame médico pra assumir um cargo de concurso publico é preconceito. (vai Brasil!!)

Já dei umas respostas a La Vivis dizendo que em certas profissões não adianta, o exemplo tem que ser você, pois vai refletir o que você acredita e o que você estudou.

A bonita lá no grupo ainda diz que sou preconceituosa que que só porque sou uma ex-obesa estou colaborando com o preconceito do mundo.. Ah valha me Deus!! Tenho que fazer a fina com um monte de gente cheia de "doeu tia?".

Caramba eu já pesei 120 kg sei exatamente como é complicado, já perdi diversos empregos porque o meu peso era forte indicio de que a curto ou longo prazo causaria afastamentos médicos, e nem por isso vou ficar amenizando ou medindo palavras porque acham que é preconceito.

O foda é que se você é obeso e concorda que realmente a obesidade é doença e pode sim reprovar uma pessoa de um determinado concurso ou para exercer alguma função você é conformado.
Se você é um ex-obeso e concorda você é preconceituoso.  Tomar no c* ninguém quer né?

Eu era doente sim assim como qualquer pessoa que tenha qualquer tipo de obesidade.

Se era doente para operar, eu era doente sim para assumir determinados trabalhos. Meu IMC era de 41 obesidade mórbida ou obesidade grave, você escolhe como chamar.

Tudo bem que cada individuo é cada individuo, porem tem coisas que não adianta que não vou concordar.

Mesmo com a cirurgia esses últimos dias pra mim estão sendo o cão, não consigo me alimentar e esta bem difícil tolerar esses mau estar que venho sentindo, como tontura, enjoo.

Alguns me questionam se a cirurgia foi a melhor opção, porque estou sofrendo muito com a questão da alimentação pois estou com um pouco de anemia ferropriva (causada por deficiência de ferro)  onde esta me deixando fraca, indisposta, estou também com muita dor muscular pois a vitamina B também esta baixa.

Será que ainda tenho que responder??? Acho que as pessoas sofrem de amnésia, pouco mais de um ano eu vivia com mau estar, indisposição e dor muscular porque estava completamente obesa, meus tornozelos inchados que mais pareciam dois pães francês, minha coluna detonada pois o peso estava acabando com ela, pressão nas alturas.

Lógico que ter mau estar com um corpitcho 34 kg mais magro é um lusho e bem mais confortável, pois vale a pena cada mau estar, pois sei que é passageiro.

SIM foi a melhor opção e foi a MINHA escolha. Eu sabia que teria problemas relacionadas a anemia, dores musculares. Mas nada disso se compara ao inferno que passava com o desconforto de calor, a situação constrangedora onde uma toalha de banho tamanho gigante (de quase 2 metros de largura) mau se enrolava no meu corpo, a situação humilhante de não conseguir abaixar para amarrar os sapatos, não poder cruzar as pernas, não conseguir usar um salto alto pois suas pernas doem, ficar com a pressão alta onde remédio pra pressão não estava mais adiantando. Comprar roupas era um suplicio pois não achava em lugar nenhum e quando achava era aquelas que pelo amor de Deus... Minhas crises de asma melhoram mais de 80%.

Quantas vezes eu cansada ficava em pé no ônibus? mesmo que tivesse um lugar vago e já tivesse uma pessoa mais gorda sentada eu ficava em pé pois dois gordos juntos não dá. Quantas vezes sentaram em cima de mim pois estava ocupando quase dois assentos?

Enxergar o problema apenas na questão do "você não consegue se alimentar" é muito fácil. Quero ver enxergar na questão mais ampla como era antes.

Outro ponto que cansei de explicar é que não tenho um botão que eu aperto e pronto para o emagrecimento. É algo que o meu organismo faz, tem momentos que entro no platô onde fico semanas sem emagrecer um grama, e depois volto a emagrecer. Como que faz para parar de emagrecer? Não tenho a minima ideia.

Hoje vejo que a cirurgia é uma grande renúncia, renuncia de uma vida cheia de marcas e vícios, para uma ida sem volta, é necessário muita coragem e disposição, pois a quantidade de obstáculos e dificuldade é grande, muitos desistem no meio do caminho. É preciso pulso firme e CORAGEM.

E olha, ser obeso é uma vidinha medíocre e miserável.

Pra que viver em um limbo de amarguras se posso mudar e viver com muito mais dignidade?  Foi o que fiz, e tudo tem um preço, não adianta querer ser a linda e não pagar o preço. E o preço de fazer a cirurgia é bem alto, mas vale cada momento pois me proporciona uma vida mais digna e com mais saúde.

Quando falo dos meus polivitamínicos que são vários, me perguntam "nossa porque tudo isso? vai ter que tomar a vida toda?  Ah essa cirurgia sei não, não é legal"  eu sinto uma vontade de mandar a pessoa pra puta que pariu, pois a criatura que é o fiscal de Deus, vem me questionar..

Quando eu tinha hipertensão, diabetes e o caralho a quatro eu não tinha que tomar a porra do remédio todos os dias e se eu não fizesse nada pra mudar não teria que tomar o resto da vida? Qual o problema de eu ter que tomar 5 tipos de vitaminas por dia para o resto da minha vida?

Agora eu tomo POLIVITAMÍNICOS  e não medicamentos o único medicamento que eu tomo é o anticoncepcional.

Olha é assunto pra mais de um post.
Vou parar por aqui o sono esta batendo forte.

Um beijo da Nega

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Eu sabia que estava tudo errado!! E vou me conhecer agora.

Olá pessoas bonitas..

Ontem fui até o Instituto Garrido, onde operei e passei com a nutricionista, aproveitei e levei os meus exames pra ela dar uma olhada, e conforme eu havia dito, não tem nada normal e nada bem.

Estou com várias vitaminas baixas e com anemia ferropriva, terei que tomar noripurum endovenosa (na veia) pois esta muito baixo as minhas taxas de ferro que é o que esta causando todo esse mau estar, desmaio.

Terei que tomar também Citoneurim 5000 mensalmente para repor a vitamina B que esta baixa também que é o que me causa as dores no corpo e indisposição. Antes eu tomava a cada três meses.

Começarei o tratamento com o Noripurum na próxima semana pois tenho que comprar a medicação e ir até o pronto socorro pra receber a medicação.

Agora oficialmente eliminei nesse quase um ano 34,800kg  estou com 79,400 kg pesados na balança do IG faltando apenas 10,400 kg mas ainda acredito que seja menos pois com a cirurgia reparadora sairá no minimo uns 6 kg de excesso de pele, mas a única pessoa que poderá dar a resposta é o cirurgião plástico.

Ha alguns dias estou tomando decisões e eliminando coisas e pessoas que não me acrescentam em nada e só ocupa espaço. Tentando praticar o auto-amor e a autovalorização,  peguei algumas coisas que escrevi e fui ler e poxa me decepcionei.

Me coloco em cada situação e deixo cada coisa acontecer comigo que fiquei realmente muito chateada com o abandono que é eu comigo mesmo. Até fazer coisas pra agradar os outros e passar por cima da pessoa mais importante que sou eu.. que isso produção?? Não, isso vai mudar pois assim não dá pra ficar.

Vou ficar um pouco ausente vou me dedicar a outras coisa como a leitura, auto conhecimento, evitar redes sociais tipo facebook, whatsapp ficar bem off. e ter um momento comigo mesma. Vou me namorar.

Sair conhecer lugares novos, viajar, me levar pra almoçar, jantar, ir ao cinema, teatro, mas vou fazer algo pra me conectar com as minhas energias, afinal tenho um novo corpo 34 kg mais leve e tenho que aprender a conviver com ele pois ele sera o meu companheiro nos próximos 20, 30 e 40 anos.

Um grande beijo da Nega.





quarta-feira, 9 de abril de 2014

Com Licença estou chegando... Alias SAI DA FRENTE EU CHEGUEI. Quase 1 ano.

Olá pessoas lindas e maravilhosas do Mundo da Vivis, como está essa força?
Por aqui tudo que você imaginar de bom ou de ruim aconteceu.
Estou com quase um ano de operada e minha vida mudou bastante.

Hoje foi o retorno com a minha endocrinologista e na ultima consulta estava com 83,400 hoje estou com 79,200  se foram 4,200Kg legal.. (não pense que estou feliz).

Tenho me sentido muito cansada, sem energia, fraca sem disposição. Por mim fico na cama o dia todo dormindo.
Ela olhou meus exames e falou que esta tudo normal, só a vitamina B12 que esta baixa, a vitamina D que esta baixa, a ferritina baixa, mas esta tudo normal.  Agora eu pergunto como pode esta tudo normal com esse monte de vitamina baixa? E não esta normal pois eu me sinto cansada, sem energia.

A dieta que ela passou é ridícula, não vou seguir aquela merda!!  Ela disse que o meu hemograma esta normal não estou com anemia, olhando o meu exame estou no limite, e esse cansaço que não tem explicação de onde vem?

Estava relutante em marcar consulta no Instituto que operei, mas pelo jeito não vai rolar, terei que marcar pois lá eles vão me entender e como eles me acompanham desde o inicio o melhor é me preparar psicologicamente para a comida de rabo e vamos que vamos. Alias comida de rabo o cacete, os médicos dão orientação e segue quem quer.

Atualizando o peso esta nisso hoje... já esteve menor estava com 78,600kg tomei soro por três dias seguidos e o resultado esta ai na balança.



O que me resta é aguardar e seguir o tratamento até o final, agora falta pouco, apenas 9,500kg depois vem a cirurgia corretiva e acabou, é só manter, acredito que sera a fase mais difícil.

Muitas vezes me pego pensando e aí depois como sera? Olha nem eu sei como sera, tudo é tão novo pra mim. Sei que não tenho mais roupas as que comprei algumas já estão largas e outras nem compensam mandar apertar.

Antes eu usava tamanho 52/54 e tinha que achar que estava ótima, eu até me conformava em entrar nas lojas tipo CeA, Marisa, Renner e não achar roupas pra mim.

Hoje é uma tortura pois, tudo serve, vão falar não reclama, mas pra mim é estranho, tenho vontade de comprar tudo mas não sei mais o que combina com o que, perdi aquele dom de me vestir como mulher. Tenho que trabalhar alguns pontos sobre auto estima, auto imagem. Não me enxergo com um corpo de 79 kg e que usa o manequim 44/42. Ainda olho e vejo aquela Viviane que tinha 114 kg.

Fui com a minha amiga comprar roupas e ela estava no provador do lado e xingou pois uma calça não entrou nela. Eu brincando falei "joga ela aqui que vai servir em mim, que tamanho que é?" ela respondeu " 44" eu dei risada e falei até parece não vai passar das coxas.. e peguei e não é que a danada serviu e ainda ficou folgadinha?? Foi um susto, pois onde que eu ia imaginar que uma calça 44 serviria e ficaria larga? Claro que isso um dia aconteceria mas não que fosse tão rápido assim.

Até meu pé mudou de tamanho, eu calçava tamanho 38 pois meu pé era uma bolótinha, agora voltei para o 36/37.

Me sinto ainda perdidinha.. de verdade, são muitas transformações na minha vida, no meu psicológico e emocional. Só pra vocês terem ideia, eu que estava acostumada a passar sem ser notada a moça que mora aqui na rua parou o carro me chamou pra me dar parabéns, mas "perá" parabéns porque? Eu só fiz o que eu achava certo, era a minha saúde que estava berrando.

Eu não aguentava mais sentir tantas dores, e viver presa dentro de um corpo que não me dava prazer nenhum. Eu olhava no espelho e via uma pessoa viva morta dentro de um corpo que não lhe proporcionava nada a não ser dores, mágoas, desgosto.

Hoje acho engraçado a vendedora de uma loja que adoro (onde comprava roupa quando era magra antes de ficar obesa)  me chamar na loja pra ver as novidades,  lógico que eu fiz a fina, mas ela só me chamou porque sabe que eu gasto horrores e que ali tem várias roupas no estilo que gosto e que serve em mim. Porem é melhor se fazer de besta e fingir que é porque a pessoa gosta de você.

Minhas pelanquinhas que tanto me acompanham me incomoda mas não ao ponto de eu odiar, pois a flacidez é algo que existe sim, pois muito peso foi eliminado e minha linda pele negra não teve a capacidade de se regenerar, mas é algo que eu já sabia.

Se antes eu incomodava, agora eu causo um escândalo, as pessoas que me odiavam quando eu era gorda, agora querem me ver morta, mas quero tudo que se lasque. Estou aqui pra causar mesmo.

Só quero ver quando eu sair do meu lado ameba e voltar para o meu lado Vivis força total. Aí sim segura que a nega vai causar e muito.

Fiz umas mudanças, cortei os cabelos e assumi os meus cachinhos, fiquei com cara de menininha mas quando eu quiser dar uma de louca eu faço uma escova e fica tudo com cara de mulher fatal. Cansei de cabelo liso por processos químicos.

Depois eu posto fotos..

A inicio é bem isso, vão querer saber do meu coração, ah isso é algo que esta bem inativo na minha vida.

Agora vou encerrar esse post pois cansei de escrever.

Beijos da Nega




sábado, 29 de março de 2014

Eu Voltei.....

 Eu voltei !!!
Olá pessoas finas e elegantes do Mundo da Vivis, para a alegria de muitos eu voltei!!!
Pois é, estava sem computador o danadinho resolveu morrer e aí já sabe né? estava com a grana curta pra arrumar...
Mas agora esta tudo resolvido.

Vamos as novidades né!!!!

Comecei a minha maratona de consultas de rotina. Troquei de Endocrinologista, Gineco, fiz uma mudança geral.
Minha consulta no endocrino não foi uma das mais felizes, pois eu estava linda e bela com meus 81,600kg e quando cheguei no médico 83,500 kg COMO ASSIM PRODUÇÃO???? Quase 2 kilos a mais?? Surtei, chorei, me desesperei, mas esqueci que ainda sou humana e que o meu corpo esta funcionando. Não queria usar a desculpa de "estou no período menstrual" mas eu estava poxa!! estava retendo liquido igual uma esponja, inchada. Tanto que na outra semana estava eu lá bonita e bela com quase 1 kg a menos.

A médica pediu uns exames de rotina e a BIOIMPEDANCIOMETRIA pra saber quando de massa magra, quanto de gordura e água tenho no meu corpitcho. O resultado não me animou muito, porem me deu um horizonte.  Os dados do exame foram:

  • Data do Exame: 19/03/2014
  • Peso: 83,500 kg ( Deus me ajuda a aceitar esse peso!)
  • Altura: 1.67
  • Nível de atividade física: Leve ( pra não dizer ela não faz nada!)

Resultado:

  • Peso em gordura: 31,400 kg             - Valor ideal  16 kg
  • Peso em massa magra: 52,100kg      - Valor ideal 52 Kg
  • Peso 83,500 Kg                               - Valor ideal  66 a 70 Kg
  • IMC: 30 k,m/m²
  • Gasto Energético Basal: 1400 calorias.  //  Dieta recomendada: 1200 calorias.
Conclusões:
  • Redução de 13 kg a 18kg.
  • Taxa de perda de peso: 450 gr por semana, com ingestão de uma dieta de 1200 Kcal e nivel de atividade atual.
  • O ideal seria perder 15kg de gordura e manter, ou mesmo aumentar, a massa magra com realização de exercícios físicos adequados. 

Tenho retorno dia 09/4 então vamos ver o que vai rolar. Fiz minhas contas meu orçamento, e resolvi vou voltar pra academia, gostando ou não gostando preciso fazer algo por mim, até quando vou ficar dizendo não pra minha saúde?  Chega né!!!!

Hoje não é dia de pesagem mas eu me pesei pra saber o que vou fazer já que abril esta chegando e  o resultado é esse aí  81,000 Kg.

29/03/2014 -  81 kg


Então segundo a calculadora do Instituto que operei:
Peso inicial: 114,200 kg
Excesso Inicial 44,480
IMC Inicial 40,95

Peso atual: 81,000 kg
Excesso atual 11,280 kg
IMC atual 29,04
Excesso Eliminado 33,200 Kg

Falta pouco... agora apenas 11,280 Kg.

Me pediram fotos atuais.. em breve eu coloco.

Um grande beijo da Nega pois agora preciso aproveitar o meu sábado.


sábado, 22 de março de 2014

Retroceder... as vezes é necessário...

Onze meses e alguns dias...
Isso é o que tenho de tempo de cirurgia, e nesse tempo muita coisa aconteceu.
Quarta feira foi dia de consulta com endocrinologista, e sai de lá com um pouco de raiva pois sabe aquela história de "vou te passar essa dieta aqui e você evita tais alimentos?" pois é, como se eu não soubesse o que posso comer pois pra quem já pesou 120kg nada daquilo é novidade.
Fiz um exame de bioimpendância pra saber o quanto de gordura e massa magra ainda tenho no corpo, segundo o exame tenho 15kg de gordura ainda a eliminar e tenho que seguir um programa de exercicio e dieta por 36 semanas para alcançar o peso ideal. Claro que quando completasse um ano de cirurgia gostaria de esta com o meu peso lindo em 69kg mas tenho que aceitar a realidade e encarar que cada organismo reage de uma forma.
Na consulta não foi muito fácil pra mim, pois pra quem estava com 80,700kg chegar ao consultório estar com 82,500kg é de morrer, eu vi um filme se passar na minha cabeça, medo de engordar depois de tudo que passei, chorei sim me desesperei pois o sentimento de fracasso tomou conta de mim, o desespero.
Conversei com uma amiga e ela falou pra que ter calma pois isso pode acontecer, afinal muitas coisas nessas ultimas semanas aconteceu, troquei de anticoncepcional, tomei soro, mas também exagerei na comida.

Fiquei perdida um pouco.. mas agora retomei o rumo do caminho e me conformei que terei que aceitar pelo menos.

Não tenho mais como fugir agora vou procurar uma academia para fazer o restante das mudanças no meu corpinho pois estar toda molenga nao vai rolar...

Não tenho muito o que falar a respeito, pois cada dia é um dia de mudança e um dia novo.

domingo, 16 de março de 2014

Quase onze meses....



Ontem encontrei fotos que me fez chorar, hoje vejo como estava tão doente e debilitada que não conseguia ver.... hoje depois de quase onze meses, e depois de 33 kg eliminados eu vejo que tudo valeu a pena. 
Medo? sim! sempre, pois não sei o que me espera na próxima fase. 
Muitas vezes sinto e senti vontade de sair correndo, de jogar tudo pra cima, mas cada esforço, cada roupa perdida, cada lágrima, cada dumping, me faz respirar e continuar a caminhada. foi uma escolha bem difícil, cheia de marcas de um passado doloroso, pois somente quem esta com essa doença chamada OBESIDADE sabe o que é, e como é ,viver aprisionado dentro do próprio corpo.
Faltam apenas 11 kg para o meu peso ideal... Sei que vou conseguir, sou filha do vento e do fogo. 
Fé em Deus sempre, confiança em todos os meus amigos espirituais, orixás, guias mensageiros. 
Aprendi muito sobre mim. Coisas que talvez nunca teria descoberto se não fosse por tudo isso.
Muitos perguntam o que eu como ou se posso comer determinado. Gente pelo amor de Deus, eu apenas diminui o tamanho do meu estomago, mas claro que tem alguns alimentos que vão causar mau estar o tão temido DUMPING mas isso é raro não é tudo, posso comer de tudo sim.
Sabe, o primeiro passo para a mudança é a aceitação, não adianta dizer " estou gordinho, ou tenho um problema de tireoide" gente a quem queremos enganar??? eu já tive 120 kg e ja passei e usei todas as desculpas possíveis, já critiquei muita gente que optava pela cirurgia dizendo que era coisa de gente fraca, mas não é bem assim.
É preciso de muita coragem, pra encarar a dura batalha, a minha iniciou em janeiro/2013 quando decidi e falei vou operar preciso de uma vida com mais dignidade, preciso de saúde e de principalmente ser feliz por completo... eu não era feliz, é impossível ser feliz sem poder fazer coisas simples como amarrar os próprios sapatos, sem poder cruzar as pernas, sem poder usar um salto sem sentir aquele desconforto nos pés.
É impossível ser feliz por completo ao ouvir comentários imbecis do tipo "você tem o rosto tão bonito porque voce não emagrece um pouco" quem conhece sabe que eu já sou bocuda e penso (porque você não vai pra Puta que pariu?!)... impossível ser feliz com gente a todo momento falando que voce deve testar tal dieta, que deve fazer caminhada, que deve comer frutas, verduras, tomar tal chá, fazer isso, fazer aquilo. E eu estava muito cansada.
Cansada de médicos me olhar e falar você tem que perder peso (poh fala uma coisa que eu não sei porque isso estou careca de saber).
Minha vida recomeçou em 18/04/2013 as 16:00 no Hosp Sta Rita. O motivo exato, não sei mas sei que tomei a atitude e estou aqui contando um pouco do meu caminho para chegar aos 69kg ou o meu IMC de 25.  Para poder enfim viver em paz.
A batalha é dura que venha os próximos desafios.
Um beijo da Nega.